"Artistas de Itararé, Cidade Poema"

"Artistas de Itararé, Cidade Poema"
Capital Artístico-Cultural Boêmica do Sul de São paulo

BLOGUE ARTISTAS DE ITARARÉ CHÃO DE ESTRELAS

"Artistas de Itararé, Chão de Estrelas"

Contatos: artistasdeitarare@bol.com.br

Clã dos Fanáticos Por Itararé, Cidade Poema

Palco Iluminado de Andorinhas Sem Breque

Os Dez Maiores Artistas de Itararé, Ano 2011

Dez Maiores Artistas de Itararé















01)-Maestro Gaya







02)-Jorge Chuéri







03)-Irmãs Pagãs







04)-Paulo Rolim







05)-Silas Correa Leite







06)-Paschoal Melillo







07)-Rogéria Holtz







08)-Dorothy Janson Moretti







09)-Regina Tatit







10)-Armando Merege







Itararé, Bonita Pela Própria Natureza

Itararé, Bonita Pela Própria Natureza
Nosso Amor já Tem Cem Anos

quinta-feira, 1 de setembro de 2016

Prefeita Honesta de Itararé, Cassada Por Corruptos de Itararé. Dia de Vergonha Pra História da Cidade


Artigo/Livre Opinião

 

Condenação de Uma Prefeita Honesta: A Terceira Vergonha da História de Itararé

 

-Como se diz que o preço de uma democracia de inclusão social é a eterna militância, e, tendo em vista uma mídia abutre, uma justiça tendenciosa e parcial, e vendo políticos do congresso  em que ele mesmo rouba, ele mesmo julga, ele mesmo absorve (como disse Millôr Fernandes), saindo de um tratamento médico e sofrendo por ver um traíra federal ferir a democracia do meu país, em que todos os acusadores, juntos, não valem um fio da história da Presidente Dilma, que foi torturada, sofreu câncer e teve que aguentar o câncer historial de fascistas aliados a coxinhas Hipoglós e uma elite amoral, assustei-me e sofri ainda mais com isso, vendo, medida as proporções, em quadro cênico menor, a situação se repetir em minha Itararé que tanto canto em verso e prosa, promovendo-a, principalmente depois de tantas barbaridades que a cidade vivenciou nesses últimos 20 anos, de peculatos e improbidades, para não dizer de improbidades e formação de máfias e quadrilhas que faliram uma cidade histórica como Itararé que amamos tanto. Ainda sob efeitos de tratamentos de uma pneumonia, entre outros problemas pessoais e familiares, mesmo assim criando, estudando, lendo, escrevendo, fiquei muito triste com o que fizeram com a Prefeita Cristina Ghizzi, certamente a mais honesta chefe do executivo nos últimos 30 anos (não conheço alguém que fale mal da Cristina e que seja melhor do que ela), portanto, bem ao contrário de todos os seus acusadores que não valem um fio de cabelo dela. Julgamento inquisitório, suspeito, amoral? Surpreendeu-me a cassação, que espero que a mesma revertida em transparente instância superior, e vejo isso, depois da primeira vergonha, a batalha de Itararé (revolução de 30), que não houve, e que virou motivo de chacota, depois um governador do psdb que fez um pedágio bem no meio do município, dividindo Itararé, e que ninguém que fosse autoridade com um mínimo de sensibilidade sacou o descaso, a infelicidade, e nem de presto fincou pé contra, até essa cassação espúria, porque os mesmo que tiveram tal açodamento hoje, foram direta ou indiretamente culpados ou coniventes com corruptos administradores anteriores, contra os quais nada fizeram, ou quem sabe lucraram com isso, ou tiveram parentes em cargos de aspones, ou fugiram de processos, para outras plagas, ou mesmo têm ficha suja, desde processos referente a lei Maria da Penha, até exoneração do cargo a bem do serviço publico, um verdadeiro atestado de improbidade, incompetência e afins. Como podem ter sido eleitos, esconderam os podres, inclusive da justiça? Pobres eleitores incautos...

Também, erros pontuais no processo como um todo, desde uma assinatura falsificada, até falta de apuro ético-humanitário, que depois virou uma cassação feroz e ferrenha, vingativa, politico-eleitoreiro de baixo valor, golpe torpe, como acusadores sem moral e insanos passando horas e horas tramando maquiavelicamente a respeito, quando mal sabem da realidade de conquistas nas periferias pobres da cidade, muito menos perderam tamanho tempo igual em prol dos favorecidos que negligenciam ou humilham. Foi um dia da vergonha para Itararé, que a história registrará, o futuro contará, e os acusadores que assim posam de falso-sabidos como difamadores, incompetentes, alguns com processos transitando por diversas acusações, posando de santos sem o serem. E por isso esperamos que 90% dos acusadores sejam cassados nas urnas. Chega dos mesmos. O povo de Itararé tem que dar a resposta nas urnas. Não queremos acusadores que formam grupelhos para ferrar uma mulher muito melhor do que eles. Que homens são, hein? Que mulheres são, hein? Que éticos e cristãos são, hein? Que mãe, que berço, que diploma, que família, que Deus... Triste Itararé. Que vergonha. Pior foi ver tranqueiras, vagabundos, fakes e biscates que difamaram a prefeita nas redes virtuais, dizendo "tiau querida", quando a família inteirinha dos mesmos coiós e manés não tem uma Cristina e todos juntos do clã não valem a Cristina. Perdoa, pai, eles não  sabem o que fazem... Quando voltarem para casa, com o que recebem de vereadores marajás, pouco produtivos quando não ineficientes, insignificantes ou relapsos, pondo o pão em casa, o que dirão aos filhos e familiares do que fizeram? Quando em seus comércios, negócios e empregos, que moral terão para olharem nos olhos de seus amigos, senão levando manchas de seus comparsas de injustiça contra uma mulher honesta que tripudiaram? Mais, quando estiverem perante Deus, e há um Deus! (a justiça divina chega primeiro do que a dos homens), em orações ou pedidos de ajuda, socorro, bençãos, curas, salvação? Ouvirão na consciência pesada, a fala do remorso: “Pesado foste na balança e achado em falta” Maktub. Está escrito! Porque Deus perdoou ladrão, prostituta, curou leprosos, e esses Vereadores que vantagem contarão de um vergonhoso e pontual feito histórico leviano? Alguns até, sabe–se de ouvir dizer na vox Populi que falaram que Cristina foi a melhor prefeita que Itararé teve, e na hora fecharam acordo com insanos. Cristina pegou o cofre arrombado, dividas publicas enormes, santa casa falida, terra arrasada, e numa época de crise abaixou até o próprio salário e de assessores diretos, contrariado vagabundos, cortou pessoas que não se qualificaram como cidadãos honrados, e foi cassada exatamente por não negociar com membros e comparsas daqueles que faliram itararé, e querem voltar jogando sujo ao poder.

Já nas redes sociais vê-se muita gente de alto nível e com belo conceito ético humanitário envergonhada, criticando, porque não cassaram Fadel, Láercio Amado, Cesar Perucio, e cassaram agora Cristina que foi melhor dos que os três juntos e sob pela não pesa nada perto do mal que os anteriores fizeram a Itararé, um até cassado sumariamente em tribunal superior, exatamente porque os marionetes, serviçais e lacaios que o  acobertavam na câmara foram omissos, coniventes, quando não disfarçados ou dissimilados incompetentes e corruptos também. Pior, muito pior, triste e doloroso, saber que uma mulher foi atacada na casa legislativa, ninguém a defendeu, pior, alguns palhaços sem moral riram dela e da situação. Homens? Políticos? Seres humanos? Cristãos? Cidadãos? Já nas redes sociais também, a honesta, integra, digna e honrada prefeita Cristina de clã muito superior a todos que a atacaram e atacam, postou um belíssimo e rigoroso vídeo historial inventariado que refuta as acusações, conta parte por parte do passado, vida pregressa, processos, crimes, erros, abusos, infrações, deformidades de caráter e mesmo vida pessoal, politica e curricular cada um dos acusadores, com a cara e a coragem de ser ela mesma, coisas que até Deus duvida, que não sabíamos, nominando, dando nome aos bois, com cargas de profundidade e ciosa de poder provar em qualquer instância, desmoronando a farsa, o nome de cada um acusador de ocasião que serviu ao que serviu, o modus operandi do processo ferido de erros factuais desde a origem, portanto um viciado processo que não deveria ter prosseguimento, e o mal que fizeram para Itararé depois posarem de santos.

Só por isso deveríamos brigar por uma emergencial força tarefa da PF em Itararé,  fixando local próprio em nossa cidade, verificando profundamente os registros e descasos dos últimos prefeitos, de todos os vereadores, os que já foram cassados nas urnas, os que serão cassados agora nessa nova eleição, e também todas as denuncias que ela com profundidade e com sabedoria de ser ciosa de atos e fatos citou, nominou, pôs o dedo na cara dos infelizes. Não ficará pedra sobre pedra. Alguns que votaram a favor me surpreenderam, fiquei chateado mesmo, mas depois, sabendo da ficha suja deles que a Prefeita escancarou pari passu, passei e ter profunda tristeza de ter um dia acreditado neles. Tudo envolvendo poder, dinheiro, tráfico de influência maldosa, anticristã, e assim esqueceram a moral de uma cidade, do legislativo, da historia de Itararé, de uma casa que chamo de Palácio Vadico e que teve mentes brilhantes, políticos honestos, transparentes. Pobre Itararé. O Presidente da Câmara Munci0pal foi cassado por erro muito maior, ou tudo ficou por isso mesmo, entre “coléguas”?  Que nessas próximas eleições o povo ao receber candidato pançudo, papeador, pingas, camisas de times de futebol, orações, cantadas, santinhos, abraços, falsas promessas, pense no capim do campo de uma carente periferia abandonada que um vereador que envergonha Itararé prometeu grama para seus eleitores terem o que comer, que a Prefeita providenciou, e que depois o asnoia e ignorante sob todos os aspectos ainda contou palha de que foi ele que plantou. Que os eleitores resistam, contrariem; vote em gente nova. Aliás, se eu quisesse poderia citar uns 30 nomes aqui, independente de partido, mas certamente para ser gente limpa, nova; num sonho novo, numa esperança nova, não ser marionete de asseclas do pior que Itararé teve. Chega dos mesmos. Itararé para quem ama Itararé, não para quem lucra com ela, mente e não faz, promete e ludibria, tem ficha suja, ou ataca uma mulher como Cristina Ghizzi. Força e fé, Prefeita Cristina. Até encerrar esse mandado, ao final do ano, você será para mim sempre a prefeita, e a melhor perfeita que Itararé teve pelo menos nos últimos vinte anos. Não esmoreça. Junte provas. Investigue, contrate policial federal aposentado, contrate jurista potente na área criminal, investigue os podres poderes dos bastidores sórdidos, e processe o grupo e particularmente cada um, que, esperamos, na sua maioria não sejam reeleitos, para a sorte e o bem de Itararé que amamos tanto, e defendemos a todo custo; pela valoração da transparência e da verdade, custe o que custar, doa o que doer.

A história registrará o Dia da Vergonha de Itararé, e todos os que cassaram a Prefeita estão arrolados nessa infeliz página de nossa história.

Silas Corrêa Leite – Autorizo a Publicação -  - E-mail: poesilas@terra.com.br

PS: Cassaram Uma Prefeita Mais Honesta do Que Eles... Vejam o vídeo e tirem suas próprias conclusões. Dia de vergonha para a história de Itararé.

https://www.youtube.com/watch?v=b-SXxOWhRpE&feature=youtu.be

sábado, 23 de julho de 2016

Artistas de Itararé: A Vida o Que é, Meu irmão? A vida é o milagre da f...

Artistas de Itararé: A Vida o Que é, Meu irmão? A vida é o milagre da f...: A Vida é o Milagre da Fé e do Amor   “E a Vida/A vida o que é meu irmão?” Gonzaguinha     1. A vida não é inteiramente ju...

A Vida o Que é, Meu irmão? A vida é o milagre da fé e do amor...


A Vida é o Milagre da Fé e do Amor

 

“E a Vida/A vida o que é meu irmão?”

Gonzaguinha

 

 1. A vida não é inteiramente justa, por isso mesmo a vida nos faz guerreiros e, ao final de tudo, vitoriosos. Mantenha sempre as suas mãos limpas...

 2. Quando estiver em dúvida, apenas acredite que da dúvida nasce a luz, o jazz, o poema, o caminho do sucesso...

 3. A vida é muito curta para perdermos tempo odiando alguém, por isso, exercite a tal terapia do perdão.

 4. Nada vai cuidar de você quando você adoecer por excesso de alguma coisa. Seus amigos e seus pais são para sempre. Mantenha sempre uma mão na frente e a outra segurando a sustentabilidade da sensibilidade...

 5. Pague as suas faturas todos os meses, sabendo que as culpas são eternas e as tentativas são remédios de percursos. Seu nome é o seu cartão de crédito, o maior capital que você tem, vai encarar ou prevaricar?...

 6. Você não tem que vencer tudo, sempre. Perder é da vida. Discorde mas mantenha a amizade e o espírito altivo...

 7. Chore por alguém. Faz bem. É mais digno que chorar por erros que não movem moinhos...

 8. Está tudo bem em ficar de mal com a vida. Ela seria uma tristeza se tudo desse certo e você fosse um qualquer...

 9. Poupe para a consciência tranquila, mas brilhe começando com seu primeiro beijo, sua primeira lágrima, seu primeiro livro, seu primeiro livro, sua viagem para dentro de você mesmo...

 10. Quando se trata de ser zen-boêmico, lembre-se, desistência é quase um pecado. Poesia então, é uma verdadeira saída de emergência nas horas íntimas...

 11. Sele a paz com seu passado, com o seu futuro, com o seu presente, com o seu Ser de si em si mesmo...

 12. Está tudo bem se seus filhos te verem chorar. Mas se não tiver filhos, não chore por não tê-los. A herança pode ser um mal evitável, e também não devemos deixar a herdeiros o legado de nossas imprudências de percursos com impunidades dissimuladas ou errações...

 13. Não compare sua vida toda especial com a dos comuns. Você não tem idéia do que todos escondem do convívio servil dos mentirosos. Toda vida é uma jornada de estrelas, mas cada um sabe de si...

 14. Se um relacionamento tem que ser em segredo, então você não tem nada a ganhar, e é melhor cometer erros que se pode contar que cometeu. Não fique devendo nada pra você mesmo, já pensou ou quer que eu desenhe? ...

 15. Tudo pode mudar num piscar de estrelas, mas não se preocupe, Deus também dá um refresco quando quer que você fique a sós antes da inércia dos incomuns, os recalcados...

 16. Respire tudo que sentir. Isso acalma a existencialização e não pede lambuja e nem gorjeta...

 17. Se desfaça de tudo que não é útil, bonito e prazeroso. Ou seja: sinta o drama e escreva poemas, toque violão, pinte quadros. Pratique plantações de sonhos, inventarie cenários, crie...

 18. O que não te serve, realmente te torna mais mochileiro das galáxias, doe, surte, mas doe-se...

 19. Nunca é tarde demais para se ter uma vida feliz. Mas a verdadeira vida é paga com lágrimas de ausências... Saudade é um sentir puro, a mais bela forma de amor vem entre o empoderamento e o distanciamento de intimas lonjuras...

 20. Quando se trata de ir atrás do que você quer para ser feliz, nunca aceite um tombo como uma resposta...

 21. Acenda sonhos, coloque as fronhas bonitas, use a mente instintal, não guarde para uma ocasião especial. Hoje é para nunca mais...

 22. Se prepare bastante; depois, se entregue de mão beijada e seja o que os anjos dizem amém. Mas não pule etapas, luta exige coragem limpa...

 23. Seja louco, não espere ficar velho para ser simples. Consulte sempre a sua mãe. Consulte sempre o seu coração...

 24. O coração é mais importante do que uma mente brilhante sem nexo causal. Seja do lado bom da força...

 25. Ninguém é responsável pelo seu futuro, além de seu passado e do seu presente, Já pensou?.

 26. Encare cada "caridade" com essas palavras: quando eu morrer que crédito vou ter no céu?...

 27. Sempre escolha a vida de consciência tranquila e sensação do dever cumprido É assim que funciona ...

 28. Perdoe para abrir canais sensoriais no estúdio do espírito... Perdoar é divino...

 29. O que outras pessoas pensam de você, não é o que Deus pensa de você. Você é quem paga as suas contas...

 30. O tempo é o melhor juiz. O tempo pode ser uma cura, aqui ou noutra dimensão cósmica... .Dê um tempo para a sua sensibilidade aflorar. Tire suas luas para dançar...

 31. Independentemente de a situação ser boa, seja bom naturalmente e por obrigação de ser sentidor e humanista. Tenha espírito limpo, respeite-se...

 32. Não se leve tão a sério. Ninguém vive antes da hora e nem se morre a prestação. E depois, morrer é estar livre...

 33. Acredite em artes. Elas libertam para o milagre de sobreviver... A arte como libertação, lembra-se do poema?

 34. Deus te ama porque te fez, não pelo que você acha que é, nem pelo que você aparenta, e depois, lembre0-se, morrer também faz bem pra pose...

 35. Não faça auditoria de sua vida. Cresça e apareça. Ilumine-se de ser imagem e semelhança...

 36. Ficar velho é melhor do que ser imaturo, asnóia, e frouxo...

 37. Seus filhos são também suas sequelas. Reveja-se neles e mude, mude-se de você, mude-se neles...

 39. Vá para a luta, todo santo dia. Conquistas são de campos de batalhas. O que vem fácil vai fácil. OU um dia descobrem tudo, e daí você vai dizer o que, todo mundo fez, todos são iguais...

 40. Se todos nós jogássemos nossos problemas em uma ilusão, o circo estaria armado mas a felicidade não seria uma conquista, seria um esconderijo camuflado de neuras sublimadas...

 41. Mentira é perda de tempo. Você já tem tudo o que é... Você não pode fugir do lugar que está, do lugar que é, do lugar que se resultou depois de tudo... Remorso ou consciência pesada não pagam dúvidas ou dívidas...

 42. O melhor está na conquista, não naquilo que vem grátis, fácil, corrompido, prevaricado sem honra ao mérito...

 43. Não importa como você se sinta, levante-se, estude, leia muito, releia, pesquise, evolua, dê sinais de dignidade existencial, caia na real...

 44. Produza paz, sonhos, esperanças, afetos abertos e por atacado, more sempre num abraço...

 45. A vida não vem do seu jeito, gosto e estilo. Por isso evoluímos. Seja a estrela de seu palco presencial em harmonia, pele e ritmo... 50 tons de cinzas? Esqueça que é fria. Mochileiro das galáxias? Seu DNA.

 -0-

Silas Correa Leite - E-mail: poesilas@terra.com.br - Texto da Série ÉRAM OS SONHADORES EXTRATERRESTRES?


 

sexta-feira, 1 de julho de 2016

Novo Livro de SPC-Sebastião Pereira Costa de Itararé


 

 

 



A História Oculta

 

Romance do jornalista e escritor  

Sebastião Pereira da Costa - SPC

 

A História Oculta se situa em uma pequena cidade do sudoeste paulista (Itararé), no período imediatamen­te anterior ao início da Segunda Guerra Mundial. Foi em uma co­lônia austro-germânica, próxima a essa cidade, que a Gestapo, por de­terminação direta da alta cúpula do partido nazista, foi buscar o homem ideal para a consecução de um plano ousado e de grande relevância para o projeto expansionista alemão. Um plano que mudaria os destinos do Brasil e do mundo.

Foram três anos de pesquisas para este trabalho, além do respaldo documental de obras antológicas sobre o período. Portanto, mais que uma obra de ficção, é o testemunho de uma época de transformações sociais e políticas, que marcaram o nosso país e o mundo nas décadas de 1930 e 1940. Para sempre.

           

É, também, o resgate da histórica Colônia Áustria, Bairro da Seda, cujo registro não consta de nenhum documento nacional de expressão, a despeito de sua importância socioeconômica pioneira para a região sudoeste paulista. Ela foi totalmente esquecida pelos historiadores brasileiros, o que nos conclamou a resgatar esse período, mesmo que incompleto, a fim de não deixar passar em branco, nas linhas do tempo, a saga dessa gente alegre, trabalhadora e corajosa, que veio do outro lado do mundo na esperança de encontrar no Brasil, em Itararé, o seu Eldorado.

                                  

Silas Correa Leite em Revista Eletronica no Exterior


segunda-feira, 14 de dezembro de 2015

Árvore de Natal dos 20 Livros de Silas Correa Leite de Itararé-SP

 
 

*

Goto

Surtagens

Gute Gute

Mocorongos

Porta-Lapsos

Pirilâmpadas

O Tao da Poesia

Estados da Alma

Bulbos Transversos

Troios Perigritantes

Raízes & Iluminuras

Trilhas e Iluminuras

Desvairados Inutensilios

Ele Esta No Meio de Nos

O Rinoceronte de Clarice

Os Picaretas do Brasil Real

Campo de Trigo Com Corvos

Assim Escrevem os Itarareenses

O Menino Que Queria Ser Super-Heroi

Não Deixem Que Te Tirem a Primavera

 

Árvore de Natal de Todos os Meus Livros em Prosa e Verso, Entre Ebooks e Impressos

Silas Corrêa Leite – Estância Boêmia de Santa Itararé das Artes, Cidade Poema

Feliz Natal, Feliz 2016, Feliz Livros Novos

Dê Livros de Presentes - Ganhe Livros de Presentes

E Esteja Sempre numa Viagem Rumo ao Futuro

Seja a Sua Vida Um Livro Aberto Sobre Sua Viagem de Existir

 

Os Livros do Autor Silas Corrêa Leite Estão a Venda na Editora Clube de Autores, Autografia, Livraria Cultura, Livraria da Folha, Site Amazon e mesmo em sites e Estantes Virtuais, os mais antigos

Contatos: poesilas@terra.com.br

www.artistasdeitarare.blogspot.com/

 

 

 

 



Almanaque de Natal 2015, Silas Corrêa Leite, Silas e Suas "siladas"...


Outro Almanaque de Natal – Silas e Suas “Siladas”

 

ULTIMO NATAL (Então, Não é Natal)

 

-É Natal?

Não há sino pequenino nem presépios elétricos

Nem corais, nem amigos secretos

Nem consumismo, nem comércio

Resta morta toda a humanidade

DEUS

No píncaro da glória de seu potentado em celestidade

Olha Jesuscristinho ao seu lado e tem dó

São Eles só

Os dois

Os anjos foram cantar hosanas e aleluias noutra freguesia

Da terra já não há mais nada do que antes havia

O mundo acabou

Aquela porcaria

O criador que tudo vê e tudo sofre, e tudo sente, de novo, outra vez

Vai tentar do recomeço

Com mais prudência, adereço, justiça e sensatez...

 

-É Natal?

Não há ouro, incenso e mirra; não há mais ninguém

Da civilização humana nada mais resta

Nem comércio e nem consumo

Nem pannetone ou arroz de festa

DEUS

Do píncaro da gloria de seu potentado supracelestial

Arrependeu-se do que criou. E tanto mal...

O livre arbítrio

O sitio

Daquilo que gerou. (Esse livre arbítrio

Que não valeu nada)

E Ele ali mal se cabendo em si como se numa encruzilhada

Restam escombros

Pós-selvageria

Das atônitas explosões das bombas da água, do lixo, da fome

Que mataram o homem

Em suas vilezas de historiais escombros...

 

(Então não é Natal

Menos mal)

Não há nada para ser comemorado e ponto final.

-0-

Continho

 

Lurdes Pobrinha da Silva

 

Lurdinha queria ver o Papa.

O dia inteiro o papo aranha no rádio, na televisão, nas contações das beatas da periferia abandonada e carente, entre becos, cortiços, guetos, palafitas e a enorme favela Ordem e Progresso no Morro do Querosene, a acontecência ‘da hora’ era sobre o Papa que estaria vindo visitar o Brasil.

Lurdinha, coitadinha, deficiente física e mental, olhos cheios de remela, pobrinha e agregada de um barraco onde se restava meio que largada, desesperada e carente sonhava em ver o Papa. Passaram-se meses, sem esperança e sem cuidados, ela ficou com aquilo na cabeça.

Quando era pertinho do Natal, certa manhã radiante, o quarto amontoado em que mal e porcamente fora alojada entre trastes velhos feito um antro de despejo, se iluminou. E ela viu entrar um belo e sorridente jovem, barbudo, cabeludo, que lhe estendeu os braços largos e disse com maviosa voz:

-Olá Lurdinha, eu sou Jesus!

Lurdinha ficou desenxabida, coitada.

Ela queria ver o Papa.

-0-

 

Cântico de Itararé

 

Itararé

Será que vivendo tão distante de ti

Estou realmente existindo direito?

Longe de casa eu lutei, eu sofri

E te trago encantada, dentro do peito

 

Itararé

Valeu a pena o que distante vivi

Tão longe desse encantário, teu chão?

(Só que o caminho da volta não esqueci

E te levo ninhal, dentro do coração)

 

Itararé

Ao lembrar dessa terra a minh´alma ri

(Hoje só a saudade já não satisfaz)

Ah Itararé como eu te relembro, guri

A lua entre estrelas, sobre os pinheirais

 

Itararé

Espero um dia retornar para aí

O poeta andorinha exilada vai voltar

Em teu solo meu corpo vão plantar

Quanto, então, também serei parte de ti!

 

-0-

 

Natal de Pobre

 

 

Boneca velha suja entre sabujos

Boneca de um braço só e lá,

jogada no lixo entre bulbos

Da periferia S/A

 

Criança carente de cara séria

Humilde simples, tristinha

Resgata a pobre boneca sujinha

Na sua realidade de miséria

 

Corre a menina parda com sua cruz

De olhos pobrinhos com remela

Com aquela boneca vestida com panos ruins

Exatamente como ela

 

-É Natal, é Natal de Jesus!

Diz a criança, pobre assim

 

-Vejam o meu brinquedo que já

Papai Noel do céu mandou pra mim

 

............................................................

 

(Deus, no médio céu de horizonte externamente grená

Chora uma lágrima carmim)

 

-0-

 

 

Presépio de Pobre

 

Todo mundo tinha presépio

Na ruela onde morávamos

Eram elétricos, coloridos

Mais que o primeiro Natal

 

Cada presépio encantado

Muito mais que o de Belém

Cada jardim era um luxo

De cores e de pirilâmpadas

 

Como éramos pobrezinhos

E mal tínhamos o que comer

Imagine ter um presépio

Com tantos pertences caros

 

Meu pai andava doente

Minha mãe lavava no tanque

As tristezas que a gente

Fazia omelete de lágrimas

Mas éramos bem criativos

Eu e as minhas irmãs

E montávamos do nosso jeito

Um presepinho bem humilde

 

As paredes eram de tacos

O telhado todo de cascas

De laranjas e de cepilhos

E a tez chão, macadame

 

Os burrinhos eram sabugos

As vaquinhas de limões

Ovelhinhas sabão de cinzas

Estrela tampinha de crush

 

Maria era bem torneada

Entre pinhas e resinas

E São José eu inventava

Numa caixinha de fósforo

 

A manjedoura era apenas

Uma lata velha de sardinha

Com pétalas, flor de lágrimas

Alguns carunchos de feijão

 

Só o enviado de Deus

O divinal Jesuscristinho

Era um belo carretelzinho

De linha, que eu esculpia

Eu o ornava bem feitinho

Com muito amor e carinho

Fazendo um menino triste

A nos olhar sem milagre

E como éramos pobrinhos

Ali já dávamos, tristinhos

Ao bentinho, do presépio

A nossa coroa de espinhos

-0-

 

FELIA NATAL, FELIZ TUDO EM DEZEMRO, FELIZ 2016

 

 

 

 

 

Silas Correa Leite –E-mail: poesilas@terra.com.br


In, Livro de SILAS, Dezembro 2015